segunda-feira, 21 de setembro de 2009

CLARICE LISPECTOR.




"e então aconteceu:do fundo de meu coração, eu queria aquela rosa pra mim. Eu queria, ah como eu queria. E não havia jeito de obtê-la.[...]no meio do meu silêncio e do silêncio da rosa, havia o meu desejo de possuí-la como coisa só minha. Eu queria poder pegar nela. Queria cheirá-la até sentir a vista escura de tanto perfume..."

- Clarice Lispector -


71 comentários:

  1. Olá Silvana.Venho agradeçer a visita ao blog,e ao son da água fonte de vida,ler palavras onde a rosa,é dona e senhora dos afectos,e que bonita forma de falar sobre ela teve o poeta(a) Clarice Lispector,adorei.
    Beijinhos e tudo de bom Lisa

    ResponderExcluir
  2. Silvana. ...seu blog é muito lindo. E Clarice Lispector é demais....muito bom gosto! Boa semana para você. Bjs

    ResponderExcluir
  3. OLA SILVANA, BELO POEMA, DE " CLARICE LISPECTOR " ADOREI ESTE POEMA!!!
    UMA EXCELENTE SEMANA...
    BEIJOS DE CARINHO E AMIZADE,


    SUSY

    ResponderExcluir
  4. Agradeço tua passagem lá no meu Blog "bichanar".
    Vim cá curiosa e fiquei! vou ser assídua...
    adoro afectos em poesia, sem se reduzirem a "lugares comuns".
    abraço
    meg

    ResponderExcluir
  5. Sempre há uma meta um pouco inacessivel, mas basta trabalhar bastante por ela, para então curtir os louros...

    Fique com Deus, menina Silvana Nunes.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Clarice Lispector,
    uma estrela em qualquer hora,
    sempre, eterna! beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ah, Silvana, deixa eu te contar:
    Estou concluindo Letras/Português
    nesse finalzinho de setembro.Hoje
    vou receber o resultado da minha
    Monografia... Estou meio tensa,
    mas acreditando firmemente que
    tudo vai dá certo. Analisei o conto
    Dona Paula de Machado de Assis.
    Depois te falo mais. Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá Silva, a incomparável Clarice sempre nos encantando. Parabéns pela esscolha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. vim deixar um beijo de força...





    OUTONO


    Estou a ver-te…
    Árvore de Outono…
    Porque estás nua?
    Porque deixaste fugir
    As tuas folhas…
    E os teus ramos…
    Ficaram secos e frios…
    Longos e nus…
    Porque deixas
    Porque sofres?
    Porque tem frio?

    Porque…
    É preciso renascer…
    É preciso sofrer…
    Para viveres novamente…

    E assim árvore nua…
    Vais voltar…
    Mais frondosa…
    Mais bonita…
    E…
    Vais estar outra vez…
    Pronta para a nova primavera…



    Lili Laranjo

    ResponderExcluir
  10. "Clarice é uma flor".
    Belo poema e bela imagem.

    Boa semana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Vim agradecer a sua visita e acabei por aqui ficar.Gostei do poema de Clarice Lispector...a rosa, essa flor forte que simboliza o nosso espirito.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Passei em seu blog e estou adorando o que estou lendo, fico muito feliz que tenha gostado do meu blog tambem.

    Um forte abraço e até mais.

    ResponderExcluir
  13. Silvana

    Postar algo escrito de Clarice Linpector é garantia certa de que a opção vale, como o teu post.
    Daniel

    ResponderExcluir
  14. oie, obrigada pela visita,seu blog que é lindo.
    Adoro poesias, beijos florestais para vc tbm.

    ResponderExcluir
  15. Rosa tem espinhos (não falemos nisso agora...)
    Rosa tem
    Rosa


    Beijinho
    João

    ResponderExcluir
  16. OLÁ QUERDA SILVANA, MARAVILHOSO POEMA... ADOREI!!!
    UMA BOA TARDE DE TERÇA-FEIRA... ABRAÇOS DE CARINHO,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  17. AMEI SEU CORACÃO POÉTICO!
    UM BEIJO ..............

    ResponderExcluir
  18. Clarice é tudo de bom! Lindíssima poesia dela :)
    Abraços boa semana!

    ResponderExcluir
  19. Maravilhosa Clarice!
    Parabéns pela escolha!

    Bjs
    Linda quarta

    ResponderExcluir
  20. obrigada por visitar meu cantinho querida , parabens pelo bom gosto do seu lindo

    beijos

    ResponderExcluir
  21. Silvana,
    vim aqui agradecer a sua visita.
    Adorei os sons das águas... saudades da "sanga", quer dizer é um riacho, no Rio Grande do Sul.
    Lindo seu blog!
    Parabéns!
    Abraços filosóficos,
    Marise.

    ResponderExcluir
  22. Muito lindo esse texto!
    Mudou a cor do blog? ta tudo escuro hehehe
    bjus!

    ResponderExcluir
  23. Todos nós, queremos ums rosa só nossa...ainda que tenha espinhos. O seu perfume faz-nos esquecer o resto! Um beijo amigo Graça

    ResponderExcluir
  24. Amo Clarice Lispector, gostei do seu cantinho e estou te seguindo aqui também.

    Voltarei mais vezes.

    Boa noite.

    Bjss no coração.

    ResponderExcluir
  25. Os meus parabens... como gostei de navegar neste teu mundo

    Com amizade
    Luis

    ResponderExcluir
  26. e quanta vezes procuramos por esse perfume sem resultado... Clarice é sábia sobre os nossos quereres...


    Beijos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  27. Posso invadir seu blog? Aqui vim parar e maravilhada fiquei com os poemas que encontrei.... lindas postagens.... Admiro muito a Clarice L...
    Tenha um otimo dia, e mais vezes voltarei
    Andresa

    ResponderExcluir
  28. Vim deixar um beijito e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  29. muito bom o blog,adorei esses sons da natureza

    parabens

    ResponderExcluir
  30. Clarice parece que carregava resquícios da alma de todos e os transformava em letras.
    Tudo dela ecoa e permite resposta imediata dentro da gente.

    ResponderExcluir
  31. Teu cantinho é Maravilhoso, Linda Sil...
    Caminhei palavras com o coração
    e quanta emoção exalaram os versos
    sentidos!!!
    Obrigada!!!

    Domingo Iluminado pra ti, viu!!!

    Beijo...
    No teu coração!!!
    Iza

    ResponderExcluir
  32. Olá Silvana
    Tenho andado um pouco ausente da blogosfera. Daí a demora em lhe agradecer as suas simpáticas visitas.
    Gostei do seu blogue e da poesia que tem publicado. Voltarei mais vezes (volte também...).
    Bom Domingo.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  33. Uma rosa querendo outra rosa. Clarice e rosa... é tudo de bom.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  34. são lindas as rosas e sabe bem colhe-las em pinturas em fotos ,ao natural só sorver a sua fragancia, pois são belas demais para as colher-mos e deposita-las numa jarra
    beijinhos

    ResponderExcluir
  35. Tem presente lá no blog pra vc.

    Uma linda semana.

    beijooo

    ResponderExcluir
  36. Mas... helàs as rosas murcham... boa semana.

    ResponderExcluir
  37. Qua a força do querer seja a motriz da nossa vida.

    Abraço

    ResponderExcluir
  38. Oi Silvana, tudo bem?
    Menina, Clarice é sem comentários, adoro, rs.
    Que bom q gostou do meu blog, fico feliz.
    O seu tbm é super legal, adorei, rs


    Bjos
    :)

    ResponderExcluir
  39. Silvana,
    Vim agradecer sua visita ao meu blog, e conhecer o seu. Lindo o poema.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  40. Silvana
    Seu blog dispensa comentários.
    É perfeito!
    Clarice Lispector tem cheiro de poesia até no nome.
    Lindo ...
    Hoje eu tbem queria uma rosa pra mim.
    Sou Espírita mas aberta a todas as religiões, devota de Santa Teresinha do Menino Jesus (dia 01/10 é dia dela) e estou no meio da novena das rosas.
    O que seria da nossa vida sem os sonhos e sem a fé?
    Beijos

    ResponderExcluir
  41. está calor por aqui ... è bom ouvir sua àgua , e ler clarice por sua mão ... Ou João Guimarães Rosa... Obrigado por ter passado , no pedir a lua ! , mas meu blogue principal é vaandando . blogspot. Passe por Lá !
    cordialmente
    __________ JRMARTO

    ResponderExcluir
  42. É uma dádiva ler Clarice Lispector.

    Muitos beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  43. Cheiros que as palavras reconhecem como rosas...
    Um abraço
    Chris

    ResponderExcluir
  44. Parabéns pelo teu bom gosto pela poesia, ela enternece, sempre!
    abçs

    ResponderExcluir
  45. Oi, Silvana!

    Quantas vezes queremos tanto uma coisa sem explicação, mas queremos..!! Acho que já é um bom começo para conseguir.

    Beijos

    ResponderExcluir
  46. Blog intenso, harmonico, muito me define! te linkarei e seguirei, abs

    ResponderExcluir
  47. Lindisimo o poema :) O teu blog tambem. parabens

    Bom f semana. abracos :))

    ResponderExcluir
  48. Tudo que nossos sentidos colhem são apreensão do real que ninguém nos pode roubar.

    ResponderExcluir
  49. Vim convidar você para conhecer meu novo Blog: Menina Da Lua e pegar o selinho de inauguração.

    Beijo.

    Jacque

    ResponderExcluir
  50. Oi, Silvana;
    Visitei os seus doi blog's e gostei imenso.
    Neste aproveitei para reatualisar a leitura de Clarice Lispector.

    Voltarei mais assiduamente porque este é um blog a não perder.

    Osvaldo

    ResponderExcluir
  51. É bem assim com o amor...a Clarice sempre fala de uma forma tão enigmática e linda1

    Beijo

    ResponderExcluir
  52. Querer é poder...


    Quero ser…
    Quero ter…
    Quero ir…
    Quero remar…
    Quero amar…
    Mas…
    Quero voltar…
    E…
    Quero novamente…
    Voltar a remar! …


    Um beijinho
    Lili Laranjo

    ResponderExcluir
  53. ...Às vezes uma intensa alucinação
    Em que viajas pelo meu eu
    Às vezes o mundo fica em espera
    Da união do mar com o céu

    Onde param os teus anseios
    Onde encontras a sublime calma
    Nestes dias de dura tormenta
    Onde aqueces a tua alma?

    Voa comigo...


    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  54. Uma vez eu quis uma rosa, quis sentir seu cheiro.
    Mas ...


    Abraço e aplausos a vc e a Clarice.

    Luciano Braz

    ResponderExcluir
  55. Não gosto de rótulos, mas o seu blog é mais tropical que prosa romântica ao descrever virgens de lábios de mel e hálitos perfumados. Conteúdo com visual bonito. O que é raro.
    Obrigado pela passagem lá pelas terras do condado.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  56. Que lindo!
    Da mesmo vontade de levar conosco tudo que é belo, né? Egoismo puro.... deixemos lá para agradar mais pessoas...

    bj

    ResponderExcluir
  57. Que em cada olhar..
    Jesus seja teus olhos!
    Em cada sorriso ou palavra..
    Ele seja teus lábios!
    Em cada respirar..
    Ele seja teu oxigênio!
    Em cada aceno...Ele seja tuas mãos!
    Em cada passo..Ele seja teus pés!
    Que Deus seja teu amigo fiel sempre
    não o troque por nada neste mundo
    peça a ele que esteja com
    você a cada dia a cada
    minuto de sua vida.
    Beijinhusss em seu coração!!!

    ResponderExcluir
  58. Olá Silvana,

    Lindo poema!!!bela escolha...Gostei!!!
    E do blog também...Parabéns!!!
    Beijinhos
    Lourenço

    ResponderExcluir
  59. Amei tudo por aqui também e vou segui-ls.
    Amo Clarice, muito guerreira e forte.
    Beijos minha linda!

    ResponderExcluir
  60. Passando para deixar meu carinho e dizer que amei seu blog!
    beijos meus

    ResponderExcluir
  61. Sensível, mas forte. Gostei bastante.
    Bjus.

    ResponderExcluir
  62. Oi, guriazinha !
    Obrigado pela tua visita ao meu blog e pela generosidade do teu comentário. Teu blog é lindo.
    Beijo

    James Pizarro
    www.professorpizarro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  63. Olá Silvana, prazer em conhecê-la e às suas páginas também; obrigado por acompanhar meus blogs, "all around" por aqui, bem bonito.
    Abraços Linus

    ResponderExcluir
  64. Incrível as imagens que Clarice consegue plasmar em nossa memória. Sinestesia pura.

    A trilha do teu blog acalma e combina com a imagem do template.

    Você pensou em tudo. Universo das águas onde reside a emoção.

    Imenso abraço.
    Prazer em encpontrar este espaço.

    ResponderExcluir
  65. Nossa que lindo Silvana!! Fiquei super emocionada com sua visita ao meu humilde blog letrasexpress e agradeço por suas belas palavras.Tb amo literatura, pois me formei em letras e tb adoro Clarice Lispector.
    Já estou me sentindo em casa e a partir de hoje já me considere uma nova amiga e tb assídua leitora de seu belíssimo blog! Saudações querida e uma boa semana...
    Um grande beijo...Aline !!!

    ResponderExcluir
  66. Lindo blog!!!!
    Adorei vir conhecer.

    ResponderExcluir
  67. Querer, querer muito... já é meio caminho andado.

    ResponderExcluir
  68. Belíssimo espaço.
    Aconcheguei-me por aqui!

    ResponderExcluir
  69. Este não é um dos devaneios do livro Laços de Família?! Daquela dona de casa que fica comparando a sua sala impessoal com a da outra... um trem assim?! Amo aquele livro!! Bjos!

    ResponderExcluir