sexta-feira, 9 de outubro de 2009

LIVROS.



"Tropeçavas nos astros desastrada
Quase não tínhamos livros em casa
E a cidade não tinha livraria
Mas os livros que em nossa vida entraram
São como a radiação de um corpo negro
Apontando pra a expansão do Universo
Porque a frase, o conceito, o enredo, o verso
(E, sem dúvida, sobretudo o verso)
É o que pode lançar mundos no mundo.

Tropeçavas nos astros desastrada
Sem saber que a ventura e a desventura
Dessa estrada que vai do nada ao nada
São livros e o luar contra a cultura.

Os livros são objectos transcendentes
Mas podemos amá-los do amor táctil
Que votamos aos maços de cigarro
Domá-los, cultivá-los em aquários,
Em estantes, gaiolas, em fogueiras
Ou lançá-los pra fora das janelas
(Talvez isso nos livre de lançarmo-nos)
Ou ­ o que é muito pior ­ por odiarmo-los
Podemos simplesmente escrever um:

Encher de vãs palavras muitas páginas
E de mais confusão as prateleiras.
Tropeçavas nos astros desastrada
Mas pra mim foste a estrela entre as estrelas".


Caetano Veloso

41 comentários:

  1. oie silvana que delicia de frases,com certeza tenho astros em casa,livros e dentro deles mundos!
    tenha uma sexta!
    bjusss

    ResponderExcluir
  2. Desculpe voltar, mas o seu espaço é de uma frescura espectacular. Também sou professora de Literatura Portuguesa e este blogue é fascinante.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Ai, ai... Caetano!
    Mas continuando... que lindo! Caetano, os livros, o poema, seu blog...ai, ai!

    Bjs amiga
    Lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  4. Oi Silvana, lindo poema; os livros nos lançam pelas janelas do céu da imaginação, em cada ponto uma estrela, em cada frase uma constelação, em cada fantasia um criar de muitos universos. Bom final de semana.
    Abraços Linus

    ResponderExcluir
  5. Olá, Silvana,
    Admito que, muitas vezes, é preferíel a companhia dos livros a de pessoas, pelo menos, certas pessoas.
    O cansaço, a monotonia, acabam nos tornndo feios, sem energia, sem brilho...
    Mas os livros não, esses estão sempre iguais, são esternos...

    Beijos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  6. opsss, eu quis dizer, "eternos"...
    O teclado do meu laptop está maluco, rs...

    ResponderExcluir
  7. OLA SILVANA, BELISSIMO POEMA...VOTOS DE UM OPTIMO FIM DE SEMANA!!!
    BEIJOS DE AMIZADE,



    SUSY

    ResponderExcluir
  8. OLÁ QUERIDA SILVANA, BONITA POSTAGEM... UM BELO FIM DE SEMANA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  9. Silvana querida, que lindo espaço... Amei!
    Caetano é uma maravilha!
    Livros, livros, livros... Vivo cercada por eles, sou professora da hora do conto... Amo!
    Parabéns pelo seu blog, belíssimo.
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Gosto de Caetano... e quando fala de livros, ainda mais.

    Beijo e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  11. Não costumo ousar comentar coisas do Caetano.
    ...O Caetano tem um jeito...como o jeito das coisas que não se expicam, pois que Caetano não é pròpriamente um gênio mas uma alma arrojada com tanta beleza...que não sei escrever mais nada.

    ResponderExcluir
  12. Digo, Caetano não se explica.

    ResponderExcluir
  13. olá! gostei do blog! curte acessórios de cabelo? visite minha blogstore! besos http://signoritaccessori.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Grato por visitar o meu blog e deixar um comentário gentil, Silvana.
    Vamos continuar trocando figurinhas,ok?
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Olá Xará!

    Encantei-me com teu blog! Lindo e criativo, repleto de palavras que nos inspiram a continuar!

    E além do nome temos outra coisa em comum: tb sou formada em letras...rs

    Tenha um bom feriado!

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  16. Silvana,

    Lindo esse poema de Caetano.
    Livros são tudo na nossa vida, amigos que nos acompanham em qualquer lugar.
    Nos fazem viajar, conhecemos mundos nunca antes vista, nos ajudam a criar um novo mundo, somente nosso.
    Abraços,
    Marise

    ResponderExcluir
  17. Dizem que os livros são melhores amigos. Alimentam e fomentam os nossos sonhos e desejos
    Quantas coisas já fizemos depois de uma boa leitura e quantas promessas repetimos depois de ler um bom livro.
    Que recordações de tantas descobertas e tantas paixões.........Só Deus sabe!

    ResponderExcluir
  18. fiquei felizem receber uma visita tão ilustreassim. Sou seguidora do seu blog. Conheça meu outro espaço. Bjos!!

    ResponderExcluir
  19. lindo post, lindo blog, lindo tudo aqui.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  20. Gosto demais de Caetano. Foi por sua causa que estudei portugues.. Muito bonito seu blog, vou voltar. Boa semana

    ResponderExcluir
  21. Lindo como todos os poemas cantados pelo Caetano Veloso. Bjo.

    ResponderExcluir
  22. oi, silvana
    Adorei o vi;
    Não vi a metade;
    mas estou anciosa para ler.
    Parabéns pelo seu trabalho.
    você é demais.
    Continue assim...
    bjs! sua fã

    ResponderExcluir
  23. oi, silvana!
    Comecei a ler o seu cantinho;
    é imenso....
    adorei td...
    parabéns!
    vc é d+.
    da sua fã.

    ResponderExcluir
  24. Gostei muito desse lindo espaço amiga. Vou continuar ti visitando. Um abraço de Manoel Limoeiro de Recife-PE.
    Visites os Blogs abaixos:
    http://www.comunidaderecife.blogspot.com/
    http://www.manoellimoeiro.blogspot.com/

    Recife-PE., 26 de outubro de 2009.

    ResponderExcluir
  25. O nosso amigo aí sabe das coisas, neeeeeeeehhhh?!



    ;)







    Beijos,









    Marcelo.

    ResponderExcluir
  26. Eu escrevi um texto homenagenado o rapaz, "Caê Não Cai"...




    Beijos,










    Marcelo.

    ResponderExcluir
  27. Olá, passei pra retribuir a visita. Adorei ler Ruth Rocha, lembrou minha infância inteira e agora, Caetano, com essa canção que amo mais ainda... Virei seguidora. Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Parabéns pelo teu blog !
    E obrigado pela generosidade de estar seguindo meu blog, onde será sempre bem-vinda.
    Beijo

    James Pizarro

    ResponderExcluir
  29. É sempre um prazer passar por aqui... e Caetano...
    Um abraço
    Chris

    ResponderExcluir
  30. Caetano continua fazendo suas "vítimas" do bem. Saudações.

    ResponderExcluir
  31. Saudades poeta,
    Fico feliz demais ao ver sua obra literária...
    O mundo blogueiro só tem a ganhar com sua presença e escritos dignos
    de sua sensibilidade.
    Há alguns dias não vinha aqui, aproveitei e me alimentei de
    uma farta porção de sua inspiração...
    Hoje vim te ler, e compartilhar com você um presente:
    Sou a poetisa da semana no Blog do VALTER POETA e
    é claro, gostaria que lesse, e caso queira, opine.
    É sempre pra mim um prazer e uma honra saber sua concepção,
    sua opinião, seu parecer.

    Te espero...

    http://valterpoeta.blogspot.com


    Beijinhos...

    Glória

    ResponderExcluir
  32. Novamente belíssima escolha com que brindas os teus leitores.

    Abraços e boa semana.
    E li outros porque aqui você posta o que há de mais belo.
    Poesia da melhor qualidade.

    ResponderExcluir
  33. "Os livros são objectos transcendentes
    Mas podemos amá-los do amor táctil".
    *________
    Belo este poema numa voz unica!
    Adoro seu fantástico espaço.

    Felicidades e muita saúde. Feliz Ano Novo!

    ResponderExcluir
  34. Hmmm...Livros... Caetano... Que delícia! Obrigada!

    ResponderExcluir
  35. Vaetano es uno de mis intérpretes favoritos de la riquísima música brasileña que admiro.

    Gracias por tu espacio.


    Saludos...

    ResponderExcluir
  36. PD

    Disculpa la errata de esa "V", donde quise escribur la "C" de Caetano.

    ResponderExcluir
  37. Lindo post, um verdadeiro convite aomundo dos livros que nos conduzem a tomarmos coragem e buscar nossos sonhos!

    ResponderExcluir
  38. Caetano é incrível.
    Bjss, ótima semana querida amiga.

    ResponderExcluir