quinta-feira, 12 de maio de 2011

PLUTÃO.

Negro, com os olhos em brasa,
Bom, fiel e brincalhão,
Era a alegria da casa
O corajoso Plutão.

Fortíssimo, ágil no salto,
Era o terror dos caminhos,
e duas vezes mais alto
Do que seu dono Carlinhos.
Jamais à casa chegara
Nem a sombra de um ladrão;
Pois fazia medo a cara
Do destemido Plutão.
Dormia durante o dia,
Mas, quando a noite chegava,
Junto à porta se estendia,
Montando guarda ficava.
Porém Carlinhos, rolando
Com ele ás tontas no chão,
Nunca saía chorando
Mordido pelo Plutão...
Plutão velava-lhe o sono,
Seguia-o quando acordado
O seu pequenino dono
Era todo o seu cuidado.
Um dia caiu doente
Carlinhos... Junto ao colchão
Vivia constantemente
Triste e abatido, o Plutão.
Vieram muitos doutores,
Em vão. Toda a casa aflita,
Era uma casa de dores,
Era uma casa maldita.
Morreu Carlinhos... A um canto,
Gania e ladrava o cão;
E tinha os olhos em pranto,
Como um homem, o Plutão.
Depois, seguiu o menino,
Segui-o calado e sério;
Quis ter o mesmo destino:
Não saiu do cemitério.
Foram um dia à procura
Dele. E, esticado no chão,
Junto de uma sepultura,
Acharam morto o Plutão.

- Olavo Bilac -

7 comentários:

  1. A lealdade dos cachorros cada vez mais me impressiona!

    Linda a poesia! Olavo é um maestro na arte de poetizar!

    Abraços Imundos!

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Silvana
    Tudo bem??? Tomara que sim!!!
    Tenha ótima semana com paz e alegria!!!
    Bjs

    ResponderExcluir

  3. Boa noite, Silvana!

    Nós, Wilson e Sanzinha, viemos avisar que agora nós escrevemos juntos em um novo blog, o Nuestro Cielo. Como sua amizade é importante para nós e não queremos perder o contato, pedimos que você nos visite em nossa nova casa e nos siga lá. Segue o link:

    http://lonuestrocielo.blogspot.com/

    Já estamos te seguindo com nosso novo perfil. 
    Os blogs "Bom Ruim Assim Assim" e "Jardim Secreto de Sanzinha" serão excluídos. Pode até excluí-los de sua lista de visitas.

    Então é isso! Esperamos você em nossa nova casa!

    Um beijo grande e um abraço apertado!

    Wilson e Sanzinha.

    ResponderExcluir
  4. E ele nem sabia que Plutão seria rebaixado e deixaria de ser planeta!! rsrs...

    Ótimo post!!

    ResponderExcluir
  5. Vim deixar meu abraço super gostoso a você..
    Um abraço transmite emoções na trocas de carinhos e afetos.Compartilhamos alegrias, sentimentos, amenizamos as tristezas, demonstramos carinhos e amizades, damos amor.. Expremos sentimenso que somente nossos coração conhece.
    Feliz dia do Abraço para Você.
    Muito obrigada por ser meu amigo virtual tão especial. Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  6. Olá Silvana,

    Navegando em blogs de amigos vi a referência da poesia de Bilac em seu blog e vim conhecê-lo. Chego a emocionar-me toda vez que releio "Plutão", poema que eu recitava na escola e um dos primeiros que me fizeram apaixonar por Bilac para sempre.
    Parabéns pelo seu blog, há textos preciosos por aqui.
    Um abraço,
    Celêdian

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo blog, talento, textos interessantes e especialmente pela arte!
    Que Deus te abençõe!

    ResponderExcluir